Classificação dos Perfumes

 


Intuitivamente, através de um de nossos sentidos, o olfato, podemos diferenciar os perfumes; uns com uma fragrância um pouco mais fortes, escolhidos para ocasiões especiais, outros um pouco mais suaves, usados no dia-a-dia.
Mas como conseguimos classificá-los dessa forma?
O perfume leva em sua composição os óleos essenciais diluídos em água e álcool.
De acordo com a quantidade de essência diluída  em cada frasco é que vai classificá-los em:
·      Parfum: a essência varia de 20% a 40%, encontra-se em sua forma mais concentrada;
·      Eau de Parfum (EDP): a essência varia de 12% a 18%, um pouco  menos concentrada, mais recomendado para noites frias;
·      Eau de Toilette (EDT): a essência encontra-se entre 8% a 14%, é o mais recomendado para o clima do Brasil;
·      Eau de Cologne (EDC): a essência varia entre 3% a 7%, para dias ensolarados e quentes;
·      Splash (EDS): com pouquissíma concentração de essência 1%, recomendado para ser usado varias vezes ao dia.
Para não errar na escolha do perfume é preciso que alguns detalhes sejam bem percebidos como: a concentração das essencias em cada frasco, a ocasião em que será usado e a quantidade de perfume a ser aplicada. Caso isso não aconteça, bons momentos podem se tornar péssimos, resultando em dores de cabeça, mal-estar, enjoo e até uma má impressão.
Então, atenção aos detalhes e uma ótima sensação!!!!
Postar um comentário